Taquicardia

E bate o coração acelerado, apressado, angustiado.

Quando acontece algo assim, sempre pergunto o que poderia ser feito num momento de sim’s e não’s. Qualquer um que seja, é válido e serviu a lição. Mas, esta sensação ruim e pesada que fica, e perdura por horas…

Tento respirar fundo, deixar o ar fluir bem e oxigenar meu cérebro. Se não, penso noutras coisas como tentativas de alívio. A imaginação é empurrada a garimpar além do presente ou num possível futuro, mostrando outra realidade que bem serviria para tranqüilizar.

Não adianta, não consegue e o peso disso é insuportável.

Por outro lado, os resquícios podem servir para uma próspera vingança. O fel da maldade vai se transformando no mel da satisfação, mais tarde em calmaria. Sobre isso, eis o eterno retorno de um filósofo niilista.

Mas, e agora, o que fazer para aplacar a coisa ruim que faz engolir seco? Também, penso se não pequei nas palavras ditas, não? Ao menos, honrei o que eu pronunciei em tom zombeteiro e obtive a prova de que sempre há trocas entre outros. Nesse caso, o fel é mel que será saboreado por todos em algum tempo.

Bem, adormeça o passado que até poucas horas era presente. É lastimável usar isso no amanhã, porém outra maneira é em vã. Saiba que tudo vem e vai a semelhantes distâncias. O foco agora é outro.

No momento, só devaneios que se afastarão lentamente. E se precaver com o que é pronunciado e soado, apenas!

Ao invés do agonizante basta, acredito ser tudo possível para amenizar tal angústia. O peito se desvanece em taquicardia e pulsa em leves batidas. Já passou, sim! Um gole da sensibilidade aplaca o arrependimento e siga avante, mesmo olhando sempre para atrás.

Pois, este erro sempre virá e novas aprendizagens estarão pelo caminho, em seguida. Não se preocupe! Deixa repetir sempre, aliás, permite transformar em vício o que sempre resulta nisso, o alívio.

É o bastante!

Anúncios

~ por Márcia Vidal em fevereiro 21, 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: