A Lição

Sempre respondia a todos de uma forma direta. Às vezes, soava engraçado, se não irritante. Na verdade, ninguém compreendia seu senso de humor.

Todas as tardes, ficava observando quem passava na estrada. Era seu passatempo até porque aprendia com aqueles que o interrogavam. Para ele, tudo aquilo tinha um sabor divertido.

Um dia, presenciou uma cena que o deixou meio aturdido, ou seja, as palavras simplesmente fugiram da boca. Repentinamente, apareceu um homem com trajes puídos puxando um cavalo. Este aparentava cansaço e devido a isso parava constantemente. Impaciente, seu dono passou a agredi-lo até a morte.

Espantado e sem ter o que falar, apenas tirou o chapéu em memória do animal. Não sabia como descrever aquela situação, uma vez que o corpo jazia na areia.

Então, a partir disso, tomou consciência e cuidado com suas próprias palavras. Pois, elas tinham o mesmo teor daquele castigo físico.

Anúncios

~ por Márcia Vidal em novembro 18, 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: