O Nevoeiro

poster-o-nevoeiro

Após uma noite de tempestade, David Drayton, um artista local, e seu filho vão ao mercado em busca de suprimentos. Mas, repentinamente, a cidade de Maine é tomada por um estranho nevoeiro. Sem outra saída, um grupo de pessoas se abriga ali mesmo no mercado, aguardando por algum resgate.

As horas passam e a situação piora quando uma criatura com tentáculos tenta invadir o mercado. A partir deste problema e de outros acontecimentos, o grupo se divide entre os que seguem David e os que acreditam em uma fanática religiosa – que se diz enviada de Deus nesse evento apocalíptico.

Na visão de David e de outros, o nevoeiro esconde algo sobrenatural. Assim, após ouvir lamentos de um soldado quase morto e de encontrar seus semelhantes enforcados num cômodo do mercado, um dos militares refugiados é obrigado a revelar a verdade diante da ira de uns e da curiosidade de outros.

Adaptação da obra de Stephen King, o filme é claustrofóbico e imprevisível. Inicialmente, cada personagem se apresenta de uma maneira terna, mas durante a trama a mudança de comportamento chega a ser espantosa conforme as situações se apresentam a esses confinados.

O suspense desencadeado é de grande impacto, somando-se ao surpreendente e corajoso desfecho que encontra concessões no roteiro assinado por Frank Darabont, que já tinha adaptado outras obras do mesmo autor

Anúncios

~ por Márcia Vidal em fevereiro 5, 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: