Hannibal : a origem do mal

Durante a Segunda Guerra, o jovem Hannibal Lecter perde seus pais, ficando apenas com a irmã Misha.

Vivendo os dois numa ampla casa de campo, um certo dia é invadida por fugitivos alemães que os fazem seus reféns. Desse modo, passando necessidades e sem ter como sobreviver, o grupo decide matar Misha, devorando-a em seguida.

Algum tempo depois, é resgatado pelos russos e é obrigado a morar num orfanato que foi sua casa anteriormente. Daí, sofrendo com as constantes lembanças do passado além dos abusos de outros, resolve ir em busca de seu tio em Paris. Mas, descobre que ele morreu há pouco, só restando Murasaki Shikibu, uma bela viúva que lhe ensina artes marciais e mostra um pouco da cultura japonesa.

Devido alguns problemas, eles se mudam e Hannibal começa a cursar Medicina. Nas horas vagas, trabalha no necrotério da faculdade preparando os corpos para as aulas.

Então, sem esquecer o passado, ele decide ir atrás dos assassinos e fazer justiça com as próprias mãos.

Dirigido por Peter Webber, o filme que é uma adaptação da obra de Thomas Harris, apresenta cenas sangrentas e com suspense.

Na verdade, o trauma por qual passa a personagem, torna-o vítima diante de seus atos. Pois, o que ocorreu a si e a sua família causaram danos a sua personalidade como remoer sentimentos para uma vigança.

Em vista disso, ninguém nasce ruim, mas há situações que influenciam a nossa transformação para o pior.

Anúncios

~ por Márcia Vidal em agosto 18, 2008.

Uma resposta to “Hannibal : a origem do mal”

  1. achei uma solução boba para a mente do hannibal. concordo com o que vc disse de que ninguém nasce ruim, mas acabaram dando um sentido bobo a vida do cara. mesmo assim achei o filme legal
    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: