O Grande Gatsby

O segundo melhor romance depois de Ulisses de James Joyce, Gatsby se tornou uma parábola do sonho americano, mesmo em ritmo de jazz.

O jovem Nick Carraway, um comerciante, vai morar em Long Island, durante o verão, cujo vizinho, Jay Gatsby, dá festas homéricas em sua bela mansão, tornando-se mais tarde seu amigo.

Com o tempo, Nick descobre que sua prima Daisy foi o grande amor de Gatsby, arranjando um encontro em seguida. Mas, Tom Buchanan, marido de Daisy, desconfia da atração de um pelo outro, durante um encontro eventual. Inconformado e com muito ódio, volta com Nick e Jordan, uma amiga que os acompanhava, e Daisy com Jay.

Na verdade, Tom sente na pele o quanto é doloroso ser substituído, já que mantém relações extraconjugais às escondidas com a mulher de um amigo, Myrtle.

Mas, acontece algo trágico no caminho, cujo incidente deixa Daisy traumatizada e Jay deprimido por tê-la perdido. E devido a isso, Tom sorrateiramente planeja se vingar do seu rival, mesmo tendo a esposa de volta.  

A obra não deixa de ser um clássico com tons poéticos. A história desse amor perdura mesmo com as diferenças e as frivolidades sociais. No reencontro após tantos anos, é possível sentir as juras com a troca de olhares e poucos gestos que ora atrapalham ora denunciam o passado deles.

Há várias versões para cinema, sendo a mais conhecida do diretor Jack Clayton, com roteiro de Francis F. Coppola e Robert Redford como protagonista.

Assim, o autor descreve bem a década de 20, anos que sucederam a Primeira Guerra Mundial, de maneira luxuosa, cujo personagem é uma espécie do seu alter ego.

Anúncios

~ por Márcia Vidal em julho 22, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: