Não por acaso

Duas histórias com perdas, cujos personagens são metódicos mesmo vivendo na movimentada cidade de São Paulo.

Ênio é um engenheiro de trânsito que opera sua vida com muita disciplina, sem permitir mudanças. Repentinamente, toma conhecimento da existência de uma filha, fruto de um amor passado. Então,após a morte da mãe, Bia tenta se aproximar dele fazendo com que perca o rumo de si.

Por outro lado, temos Pedro, dono de uma marcenaria especializada em mesas de sinuca, que possui uma visão peculiar e estratégica ao jogar sinuca. Vivendo com a namorada numa rotina de mesmice, um inesperado acidente o forçará a adotar outro caminho, deixando-o a princípio desorientado. Porém,com a alternativa em prosseguir, ainda insiste em retornar ao passado.

Com uma belíssima fotografia e um roteiro surpreendente, Philoppe Barcinski sabe como comover ao mesmo tempo dando tons de esperanças à história.

Anúncios

~ por Márcia Vidal em julho 21, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: