O Perfume : história de um assassino

 

 

Paris, século XVIII. No meio das vísceras e odor de peixe, Jean-Baptiste Grenouille vem ao mundo de maneira horrenda, cuja mãe é executada mais tarde, sob acusação de infanticídio.

 

Sem ninguém para cuidá-lo e educá-lo, vai para um orfanato onde assusta as outras crianças e a ama, devido ser totalmente desprovido de cheiro, passando assim, despercebido. Mas, ele é dotado de um desenvolvido olfato, podendo identificar odores o mais longe possível.

 

Já adolescente, vai para um local em que irá trabalhar como aprendiz de curtidor de peles. Mais tarde, como aprendiz de perfumista cuja função permitirá aprimorar seu olfato e desenvolver técnicas para criação de um perfume.  

 

Com a ajuda e ensinamentos de outro perfumista, Jean-Baptiste insiste em tentar prender o cheiro de todas as coisas, ou seja, sua constante é o aroma perfeito. Mas, seus experimentos se tornam em vãos nessa busca.  Assim, ambicionando por isso, parte para Grasse, quando encontra uma jovem com um cheiro diferente de outros que guardava na memória.

 

Então, em busca do perfume perfeito, decide matar várias jovens, inclusive essa, sendo descoberto em seguida.

 

A obra descreve bem a cidade de Paris, tanto povoada pela hipocrisia como pelos fedores da época.

 

 

Anúncios

~ por Márcia Vidal em junho 23, 2008.

Uma resposta to “O Perfume : história de um assassino”

  1. um dos meus livros preferidos
    agarrou-me do inicio ao fim e nem uma semana demorei
    aconselho vivamente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: