Caminho de pedras

Roberto, um jovem idealista, vem à Fortaleza e se engaja num grupo político. Neste, conhece Noemi, uma mulher casada, por quem se apaixona. Tentando manter uma certa distância, Noemi não resiste e acaba se envolvendo com Roberto, abandonando o marido em seguida.

Juntos, Noemi e Roberto lutam pelos mesmos ideais, respondendo mais tarde às seqüelas destes.

O livro nos faz retornar ao passado de Fortaleza, fazendo-nos recordar alguns pontos turísticos como o Passeio Público, a igreja Cristo Rei e outros. A repressão política ao qual vivia a cidade no romance, descreve a época da ditadura, apresentado características sociais como o preconceito e a falta de liberdade de expressão. Observa-se ainda, a participação feminina no meio político.

Anúncios

~ por Márcia Vidal em abril 14, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: