Por que a maioria dos conflitos tem uma motivação religiosa?

Conflito religioso

Mesmo com distintas filosofias e vários codinomes para Deus, idolatrar uma religião, às vezes, pode resultar em conflitos, principalmente de natureza social.

Atualmente, apesar das diversidades, ainda prevalece a dicotomia entre o bem e o mal. Buscamos pela perfeição que propicia intolerância em alguns, e o fanatismo aguçado em outros. Como resultado, originamos guerras, adotamos preconceitos, lucramos com a fé alheia e outras barbáries que fazem parte do nosso cotidiano e das nossas relações com as pessoas.

Ora, uma exemplificação disso, são os ataques terroristas praticados pelos muçulmanos que se aproveitam de causas sociais e políticas para se justificarem com atos religiosos. Da mesma forma, os golpes financeiros de outras igrejas a fim de impulsionar seus fiéis a atos benfazejos, iludindo-os com falsas promessas vindas dos “céus”.

Por outro lado, para que tantos extremismos aconteçam, deve-se a alguma postura psicológica, ou seja, a partir do momento que decidimos absorver todas estas idéias sacras, dependerá da maneira como as interpretamos em resposta aos nossos anseios. Pois, deparando-se com uma situação angustiante, a tendência é se dar ao absurdo enganoso, esquecendo-se da razão.

Por essas razões, acreditamos no poder que a religião ainda tem sobre as pessoas, levando-as ora ao paraíso ora ao inferno, além dos conflitos ocasionados. Apesar disso, ainda procuramos a paz espiritual nos contratempos da vida.

Anúncios

~ por Márcia Vidal em abril 4, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: